Arquivo da tag: Praga

Comida de peixe

O cenário é Praga. Nove da noite, estamos na rua eu e meu amigo de viagem Henri, o holandês bebedor, procurando um pub, o U Pinkasů. Perdidos, paramos uma menina pra pedir informação. Ela não sabe onde é o bar, mas é tão simpática e solícita que liga pra alguém que dá as instruções. Então ela diz:

– Vocês devem descer essa rua aqui. Vocês vão passar em frente ao lugar que faz “fish massage”, depois uma loja de maquiagem, daí tem um túnel. Entra no túnel e o bar está à esquerda. Eu estou indo nessa direção, venham comigo.

Descemos a rua com ela. Ela diz que é búlgara, se chama Anni, ouviu dizer que a presidente do Brasil tem ascendência búlgara e me diz que o nome Rousseff é búlgaro. Repete as instruções. Desce, “fish massage”, loja de maquiagem, túnel.

Desce, “fish massage”, loja de maquiagem, túnel.

Ela se despede porque agora vai em outro sentido. E assim que ela sai de perto eu digo a Henri:

– Podemos concluir que t em búlgaro tem som de sh. É feet massage (nos pés) e não fish (peixe).

Ele assentiu e comentou: é que nem no Brasil, quando vocês falam “leitche”. Então eu começo a fazer piada. Imagina um peixinho, cansado depois da piracema, parando no “fish massage” e dizendo: “minha nadadeira dorsal está me matando”, “estou com as nadadeiras muito tensas”. Rio alto. Henri começa a rir também. E repete minha piada em inglês com sotaque holandês:

– Oh, my dorsal fin is killing me today.

A gente continuou descendo e de longe eu avistei a loja de maquiagem. Olhei para o lado… E não é que era fish massage mesmo.

No dia seguinte, eu contei essa história pro Holger, um alemão com humor inglês, e ele disse: mas que ótima ideia, vocês podiam fazer isso no Brasil com piranhas

1.484 caracteres com espaço

Anúncios