Arquivo da tag: crítica de segunda

Crítica de Segunda: Dzi Croquettes

É verdade, todo mundo já foi ver Dzi Croquettes. Pois eu não tinha ido. Fui no domingo. Aliás, fui sozinha ao cinema, como não fazia há uns 12 anos. E, ao menos na companhia desses tresloucados vanguardistas, achei bem bom o programa. Pois depois não conseguia tirar os caras da cabeça.
Resultado: a Crítica de Segunda é sobre eles.

Eu sei, eu sei, só se fala em Semana de Moda de NY, Semana de Moda de Londres e tudo o que está rolando nessas semanas no mundo da moda. E eu vi fotos e achei uns desfiles legais, outros menos, mas tudo mais ou menos como sempre.

Daí, no domingo, em plena tardinha chuvosa, lá fui eu ao cinema para ver o documentário Dzi Croquettes. E que me perdoem todos os estilistas em atividade nas duas principais capitais da moda no mundo, mas não há porque falar deles depois de ver esse filme. Desde as 15h de ontem, pode mostrar pra mim o melhor look da semana de moda de NY: eu só consigo pensar em Dzi Croquettes.

Leia tudo aqui.

Crítica de segunda – Rever Hussein Chalayan é sempre bom

O meu estilista favorito do mundo é Hussein Chalayan. E eu tive a grande sorte de estar em Londres enquanto rolava uma exposição retrospectiva do trabalho dele. Lá, pude rever o vídeo do desfile 111, primavera/verão 2007, em que todas as roupas se movimentavam por meio de mecanismos mesmo e, no final, uma modelo tinha o vestido engolido por um chapéu.

Eu acho essa uma das imagens de moda mais marcantes da história da moda e ela foi o ponto de partida da Crítica de Segunda desta semana. Leia aqui.

Crítica de segunda #7 – Sustentabilidade

A excelente matéria da Carolina Derivi na revista Página 22 deu origem à Crítica de segunda de hoje.

Moda verde é um assunto delicado

Ser sustentável está na moda, mas isso não quer dizer que a moda seja sustentável. E, talvez, não seja por falta de vontade. A natureza da moda é, de certa forma, incompatível com a ideia de sustentabilidade. É verdade que isso não pode servir de desculpa para deixar essa preocupação de lado, mas há questões que dificultam muito a adequação da cadeia de moda aos padrões da sustentabilidade.

Leia tudo aqui.

Crítica de segunda #6 – A egípcia

Olha eu aí, num momento bem Chanel. Ou bem egípcia. Você escolhe.

“Nossa, ficou lindo seu ‘cabelo Melina’”. Essa frase me fez lembrar outra, que ouvi alguns anos atrás. Um menino descreveu o cabelo de uma menina como “clássico” e emendou: “bem Victoria Beckham”. O que essas duas frases têm em comum? Ambas se referiam a um corte Chanel.

O corte Chanel é, de fato, um clássico, como bem definiu o menino do parágrafo acima. E, sim, costuma deixar as mulheres lindas. Mas, ao ouvir as duas frases, eu fiquei de cabelo em pé por um momento. “Como assim ‘Melina’? Isso é Chanel, poxa!”.


Continue lendo aqui.