Comida de peixe

O cenário é Praga. Nove da noite, estamos na rua eu e meu amigo de viagem Henri, o holandês bebedor, procurando um pub, o U Pinkasů. Perdidos, paramos uma menina pra pedir informação. Ela não sabe onde é o bar, mas é tão simpática e solícita que liga pra alguém que dá as instruções. Então ela diz:

– Vocês devem descer essa rua aqui. Vocês vão passar em frente ao lugar que faz “fish massage”, depois uma loja de maquiagem, daí tem um túnel. Entra no túnel e o bar está à esquerda. Eu estou indo nessa direção, venham comigo.

Descemos a rua com ela. Ela diz que é búlgara, se chama Anni, ouviu dizer que a presidente do Brasil tem ascendência búlgara e me diz que o nome Rousseff é búlgaro. Repete as instruções. Desce, “fish massage”, loja de maquiagem, túnel.

Desce, “fish massage”, loja de maquiagem, túnel.

Ela se despede porque agora vai em outro sentido. E assim que ela sai de perto eu digo a Henri:

– Podemos concluir que t em búlgaro tem som de sh. É feet massage (nos pés) e não fish (peixe).

Ele assentiu e comentou: é que nem no Brasil, quando vocês falam “leitche”. Então eu começo a fazer piada. Imagina um peixinho, cansado depois da piracema, parando no “fish massage” e dizendo: “minha nadadeira dorsal está me matando”, “estou com as nadadeiras muito tensas”. Rio alto. Henri começa a rir também. E repete minha piada em inglês com sotaque holandês:

– Oh, my dorsal fin is killing me today.

A gente continuou descendo e de longe eu avistei a loja de maquiagem. Olhei para o lado… E não é que era fish massage mesmo.

No dia seguinte, eu contei essa história pro Holger, um alemão com humor inglês, e ele disse: mas que ótima ideia, vocês podiam fazer isso no Brasil com piranhas

1.484 caracteres com espaço

20 Respostas para “Comida de peixe

  1. E TU FEZ FISH MASSAGE????

  2. eu já tinha imaginado uma “massagista” fazendo mais ou menos isso http://www.youtube.com/watch?v=IhJQp-q1Y1s

  3. Kkkkkkkkkkkkkkk!
    Demais Lô!

  4. Mais legal ainda seria colocarem candiru, e não piranha. E fazer butt massage, e não feet massage.

    • Eita, eu não lembrei o nome desse peixe na hora. A conversa seguiu assim:
      O Holger disse, logo em seguida que tinha ouvido dizer que as piranhas nem eram muito perigosas, porque na verdade eram assustadas. E eu disse que há perigos muito maiores nos rios brasileiros. Mas esqueci o nome desse peixinho aí. E depois também tentei lembrar o nome de um microorganismo que, quando a água seca, ele fica tipo vidro moído e corta toda a pele, sabe?

      • Não, não sei qual é. Mas graças ao candiru não nadei gostoso como queria, com medo de ele vir fazer “recepção” indesejada. E passei medo com as arraias de rio também…

  5. Helo, volta pro turismo. Sensacional.Estou morrendo de rir. Estarei em SP em breve, daqui a 1 mes. bjs

  6. hahahaha! Incrível postagem! ;)

  7. voltasse?!
    histórias aos montes? sim ou com certeza?
    merece(mos) algumas taças.

  8. Heloísa, fish massage é super comum na Ásia. Morei em Singapura no ano passado e me disseram que era algo típico de lá e que eu tinha que provar. E lá fui eu. A sessão mais curta era de meia hora, mas não durei 5 minutos…. Bizarríssimo!

  9. nada, você coloca o pé direto na água e os peixinhos vêm com tudo. se você colocar o pé, eles vão no pé inteiro, se colocar a canela, eles atacam, é absurdo de estranho. faz muita cócega, mas eu estava no espírito de “experiências antropológicas” (ahaha), então deu para aguentar uns cinco minutos, na gargalhada da estranhice da situação.
    fui morar lá a trabalho, fui ajudar uma agência inglesa de PR a abrir o primeiro escritório deles na ásia. o lugar é meio sem graça para turismo, mas muito bacana para morar – fora que funciona super bem como uma porta de entrada para ásia (dá-lhe fins de semana na indonésia, camboja, china….) fiquei seis meses lá, foi incrível.
    by the way, adoro seu blog, sou leitora assídua, mas quietinha. parabéns!!

  10. thaiscaramico

    helô, aqui em londres as mulherada ama fazer pedicure na banheira dos peixinhos. mas tá uma briga danada, tão querendo suspender o uso porque descobriram (agora!) que os peixes podem transmitir doença e que, enfim, não é um método “esterilizado”, ahahah! banho de cerveja é sucesso, hein?! :))

  11. Bom dia, estamos planejando implantar esse método de fish pedicure aqui em nosso salão aqui no Rio, e gostariamos de pedir uma opinião sua! Vc poderia nos dar alguma opiniao? Seria de grande valia! Aguardo retorno, abraço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s