Walking in my shoes

Eu fiz esse desenho na mão tá. E é um ferro de marcar

Já faz quase um ano, foi em meados de agosto do ano passado, que essa história começou. Eu estava indo para o trabalho e algo me incomodava, era uma pedra no sapato, literalmente. Um sei-lá-o-quê dentro do meu tênis que ficava pinicando.

Eu cheguei ao trabalho, sentei na minha cadeira e comecei a desatar o cadarço. Uma amiga veio falar comigo e ela ainda estava falando quando eu descalcei o tênis e tirei de dentro dele um prego. Um prego! E não era dos pequenos não. Era um baita pregão.

Ela ficou em silêncio por alguns segundos. Cara de assustada. Eu, movida pela minha naturalidade, coloquei o prego na mesa, calcei o tênis e amarrei o cadarço enquanto respondia o que ela me havia perguntado.

Eu tinha esquecido disso aí até que hoje eu fui calçar uma bota. E quando coloquei o pé direito, tinha um calombo lá dentro. Fui ver o que era: um isqueiro. Um isqueiro!

Refleti e concluí: eu caminho a ferro e fogo.

934 caracteres com espaço

4 Respostas para “Walking in my shoes

  1. tete martinho

    kkkkkkkk

  2. Helô, esses itens entraram em seus calçados pelos buracos da sola??? Ou você usa sapatos como gavetas?
    Estou muito curiosa!

  3. esse é o risco dos adultos de tênis furado…

  4. eu já achei uma lagartixa morta no meio do meu cadarço! (e eu estava no meio da escola quando descobri isso) =/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s