Do super malho ao Super Mário

Haja dedos

Hoje é meu último dia com menos de 30 anos. Amanhã saio da casa dos vinte. Eu aguardei tão ansiosa a crise dos 30 que ela veio logo aos 29. E passou. E eu tenho tido uns dias inacreditáveis de tão bons. Hoje está sendo um deles.

Tudo começou antes mesmo de eu ir dormir. Era alta madrugada, e na conversa com os amigos, o tema era rotinas, tomando uísque na sala, um disse:

Toda quarta, eu acordo às 6h10, passo o café, tomo café, corto uma fatia de pão pra Veri e deixo arrumado o café dela. O pratinho, a faquinha, o pão cortado, a garrafa de café do lado.

Assim que o Celso terminou de dizer essa frase, eu notei que tinha me apaixonado por ele. Nada a ver com querer garfar o Celso da Veri, mas aquela mesa que ele desenhou durante a frase era demais. E ele sabe.

Eu sei que mulheres matariam para ter isso.

Sim, eu mataria. E morreria.

Pois logo depois eu fui dormir. Era quatro da manhã.

Às nove, o Rafa, por ele sim eu-apaixonada de garfo, colher, faca, concha, espátula, saca-rolha e tudo o que tiver em todas as gavetas, prateleiras, armários, potes e vasilhas, matava-e-morria, veio me acordar.

Helô, você tem o telefone do salão anotado no celular?
Mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm (eu tinha ido dormir às 4h, né, depois de tomar um tantinho de uísque)
Como tá gravado?
Apogeu.

Alguns segundos de silêncio e ouço ele dizendo:

Alô. Oi. A Helô tinha marcado manicure hoje para as 9h30, mas ela não vai conseguir chegar na hora, tem como remarcar pra mais tarde? 11h30? Ótimo. Isso, com a Jô.

Daí ele desligou o celular, eu tinha certeza de estar sonhando, ele me avisou da troca e anunciou:

Dorme aí mais um pouquinho.

Eu prontamente obedeci. Acordei um pouco mais tarde. Cinco, quatro, três, dois, um: ele entra no quarto de novo.

Vem tomar café, fui na padaria buscar pãozinho.

Na mesa, tinha café recém-passado, suco de laranja recém-espremido, pão recém-saído-do-forno, presunto e queijo recém-fatiados. E eu, recém-desperta, achava que ainda tava dormindo. Pensei, putz, que sorte a minha. E em seguida, comendo um sanduichinho delícia, emendei: e que sorte da Veri também.

Depois do café, soneca, isso e aquilo, foi hora de ir almoçar com o Matias. Eu comemorando meu último dia aos 20. Ele comemorando o penúltimo dia antes das férias. Nada mal.

No e-mail, uma mensagem linda de um amigo desejando um feliz último dia de 20 anos. Ao vivo, ganhei meu primeiro presente de 30 anos ainda no meio da tarde. Uma garrafa de vinho. Orgânico. Só pode ser bom sinal.

Tecnicamente foi o segundo presente, porque o primeiro eu me dei. Cama e colchão novos. Pra começar os trinta dormindo bem e continuar sendo acordada assim, oxalá, que nem hoje, oxe. Com suco recém-espremido, pão recém-assado, café recém-passado pelo recém-namorado, que já nem é mais tão recém-assim, mas nunca deixa de lado o lado bom do que é recém.

Daí no fim do dia, aqui no trabalho, não tem muito tempo, veio aquele papo, vamos tomar um café e quando eu chego, tem bolo e parabéns. Se eu tenho vergonha de pedir frios na padaria, ser o alvo do parabéns é como fazer um pronunciamento público para a população mundial inteira usando um biquíni asa-delta que a parte de cima é só aqueles adesivinhos com purpurina. Mas no fundo eu fiquei feliz, que o bolo era de bombocado e teve beijo e abraço de todo mundo que eu vejo todo dia.

E agora eu vou pra casa, jogar Super Mario e dormir cedo, que eu dormi pouco de ontem pra hoje e amanhã eu acordo com 30.

29 caracteres com espaço

PS: segundo o dicionário, malho quer dizer “grande martelo, de cabeça pesada, sem unhas nem orelhas, próprio para bater o ferro e que, para mais fácil manejo, se pega com ambas as mãos”. Eu quis usar no sentido de amasso, acho que ficou claro. Mas, mano, martelo tem unha? E orelha? É cada uma!

6 Respostas para “Do super malho ao Super Mário

  1. Ai, Helo, amiga querida, queridissima, queriderrima, minha Flor, que ajudou a construir o nome da minha filha, porque vc e uma Flor, dessas raras, seu texto e lindo, o Rafael um amor e eu te desejo tudo, tudo de bom ao completar os seus 30!!!

  2. Tudo isso que você escreveu é tão lindo que fico até sem jeito de deixar aqui um simples “parabéns”.
    mas mesmo assim queria dizer “parabéns” e também dizer que sou sua fã e que te acho uma gênia de marca maior, correndo o risco de soar puxa-saco.

    Mas tudo bem.

  3. Também fico meio sem graça de comentar qualquer coisa assim.
    Bom, vc chegou nos 30 e hoje estou chegando nos 25..

    1/4 de século!!!!
    Corrigindo o tcc pra entregar na terça, ia ficar sem comemoração mas acabei comprando uma torta de limão, o filho de 8 anos ficou muito triste por não ter bolo, disse até que me ajudaria a fazer…

    Beijos
    e parabéns para nós

  4. Helô,

    feliz aniversário atrasado! E obrigada por mais um post ídolo!
    Beijos!

  5. querida, parabéns! que todo ano, o ano todo, tenha um cafezito te esperando! bjs!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s