Um grito no escuro

Era mais de meia-noite. Eu estava escovando os dentes para ir dormir quando um grito atravessou a noite.

– STEEELLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Eu não chamo Stella, mas soube, imediatamente, que era comigo. Corri para a janela às gargalhadas, batendo palma e devolvendo a saudação em alto e bom tom (tentei gritar alguma coisa entre os risos e saiu algo como – DEMAAAAAAIS).

E lá estava o Ray, aniversariante do dia, atravessando a rua rapidinho, às gargalhadas ele também, para entrar no carro e ir embora.

É por essas e outras que eu amo muito os meus amigos.

547 caracteres com espaço

PS: eu queria embedar o vídeo da Elaine fazendo Stella mas “a incorporação foi desativada mediante solicitação” (DEUS DO CÉU, como eu ODEIO isso). Então, POR FAVOR, veja aqui.

2 Respostas para “Um grito no escuro

  1. adorei o ocorrido. posso imaginar o Ray correndo e rindo!!!! hahahhahahaha
    Adorei o seu blog!
    Me passa o seu email para te cadastrar nos meus eventos.
    Um beijo,
    Elaine

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s