A saga da soja

- Eu quero ser leite! / - Eu vou ser um sanduíche de frango!

Soja, pra mim, nunca foi comida. Não adianta. Eu antipatizo. Pra mim soja é apenas uma das causas do desmatamento da floresta amazônica e do Pantanal, é o que fez o maldito do Blairo Maggi ficar rico. Eu antipatizo com soja. Eu antipatizo com Blairo Maggi.

Na minha casa soja nunca foi comida. Os Pedroso de Carvalho, ramo da minha mãe, olham pra soja com desprezo. Os Lupinacci, lado do meu pai, sequer mencionam o nome do grão. Quando construí o meu modesto lar, fui além. Bani até o óleo de soja. Aqui em casa só entram três tipos de gordura: azeite, bacon e manteiga. E nada mais.

A soja não frequenta esta cozinha nem na forma de grãos, nem na forma de óleo. Não vou nem falar do PVT, que isso pra mim é nome de plástico. Há apenas uma exceção, o shoyu. E, muito raramente, o missô. Isso claro sem falar das manifestações escondidas da soja, que, sim, eu sei, não sou ingênua, quase tudo que comemos tem alguma coisa de soja.

Foi então que tudo mudou. Hoje. Às 13h. Mas antes é preciso refazer o percurso sódico.

A soja se infiltrou no meu território por dois flancos distintos. Moramos aqui três pessoas. Eu, a Lu, minha fiel flatmate, e o Rafa, meu amado-namorado. Então dia desses a Lu apareceu com um saco de soja texturizada. O horror, o horror. Eu ignorei. Não quis causar confusão, não quis passar por tirana. Dias depois o Rafa me aparece com soja em grãos já cozida e congelada. Virei para o outro lado e fiz que não vi que tinha soja tomando o meu freezer.

Dias depois, como quem não quer nada, assuntei com a Lu sobre a presença incômoda do saco de PVT que ocupava, sozinho, uma prateleira da despensa (eu tirei todos os outros itens de perto dele, para evitar o risco de contaminação).

– Lu, que porra é aquele saco de soja ali?
– Ganhei da minha vó.
– Joga essa merda fora!
– Não, vou fazer kibe assado de soja.
– QUE NOJO!

Quer dizer, não foi bem assim, mas se o homem-legenda estivesse por aqui seria. A Lu então começou com a lenga-lenga que eu sempre ouvi de quem come soja (A minha antipatia é contra a soja e não os sojívoros, entre os quais tenho muitos e queridos amigos).

– Helô, a soja fica ruim quando tenta imitar a carne. Nunca vai ficar igual. Hambúrguer de soja não é hambúrguer. É soja. Se você assume que é soja fica bom. Soja não tem gosto de nada. Um bom tempero faz a soja ficar com gosto de bom tempero.

E eu: arram, arram, arram. Conheço esse papo. Nunca caí nele.

Pois hoje ela fez o tal kibe assado de soja. E, mano, essa porra com nome plástico tá boa demais. Estou aqui comendo kibe de PVT com as lindas e orgânicas e naturais folhinhas de alface do sítio dos pais do Rafa e, confesso, meu almoço está uma delícia.

Lu, parabéns. Só faltou um pouquinho de sal. E agora tchau, que eu vou ali descongelar a soja em grão.

PS: Eu continuo antipatizando com o cultivo de soja, lamento a falta de informações claras a respeito de transgênicos, odeio a Monsanto e lamento profundamente a existência de Blairo Maggi e todos os que com ele se parecem. Este post é uma celebração de como a Lu cozinha bem e de como conviver com outras pessoas flexibiliza manias e arrasa teimosias.

A imagem que abre o post é daqui.

2.761 caracteres com espaço

Anúncios

7 Respostas para “A saga da soja

  1. tb sou contra a soja.
    e a ricota.

    sem mais

  2. genial. tem um texto antigo (acho que do Antonio Prata ou do pai dele, não lembro) que defende a existência da soja como mamífero: dá leite, carne… (e viva a intolerância à lactose pra tomar Ades de coco todos os dias!)

  3. que saudade de vocês duas!!

  4. AMO <3

    mas faltou sal mesmo : /

  5. Vc comendo soja….depois disso, acho que vc vai parar de fumar. E, olha, falando em odiar a Monsanto…eu odeio muito mais essa Monsanto e transgenicos depois de assistir Food Inc. Vc viu?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s