Molho fálico

'Agora você sabe de onde as baby carrots vêm'

Jantar com amigos (meio intelectuais, meio de esquerda) é dos meus programas favoritos. Ainda mais se estiverem todos bêbados. E foi isso que fiz isso ontem.

Conversa vai, conversa vem, todos à mesa, o macarrão foi servido e começaram os elogios. E uma das mulheres à mesa discorre sobre como estavam especialmente boas as linguiças que foram cozidas com o tomate:

– Hmmmm, é muito bom pegar a linguiça….

Pouco depois, o cozinheiro da noite foi questionado sobre o porquê de colocar cenouras para cozinhar com o molho. Eu critico a superstição de que elas cortem a acidez. Ele concorda e tenta dizer que é só para dar cor e sabor, mas a frase é interrompida e sai assim:

– Eu não defendo a entrada da cenoura…

Abacadabra, diante de todos, o molho bolonhesa virou uma sopa fálica

778 caracteres com espaço

Anúncios

2 Respostas para “Molho fálico

  1. Lembro vagamente de algum assunto maios ou menos assim. Pena ter indo embora antes do conluio das cenouras…

  2. E o que foi a entrada? Bruschettas?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s