Curva de rio

Eu sei que isso não é uma curva de rio exatamente, mas é um rio. O rio Miranda.

Se eu tivesse que escolher um acidente hidrográfico para ser, seria uma curva de rio. Primeiro, porque rio sempre vai, começa na nascente e termina na foz. Ele tem sentido, fluxo, corre daqui pra lá. Não é que nem o mar que fica naquele sobe-e-desce, ondinha que vai e volta.

Rio tem cachoeira, coisa que mar nunca vai ter. E tem corredeira, margem, afluente e muito mais coisas que o mar, que só tem beira e braço, fundo e raso.

Daí queria ser curva porque ali tudo é mais calmo e tudo se engancha e fica aquele amontado de coisa que veio descendo e parou ali. Os lugares que ficam na curva do rio têm um quê de aconchego. E aconchego é sempre bom.

649 caracteres com espaço

Anúncios

2 Respostas para “Curva de rio

  1. Na minha cidade de origem tem um bar chamado “curva de rio”, porque tudo que é traste para por lá. Não é exatamente aconchegante, mas não deixa de ser divertido.

  2. ótimo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s