O dilema do playboy

Enfim, sempre eu quis fazer um tipo descolado, meio mau, rebelde. (…) Mas toda a vida, minhas escolhas são interpretadas como coisa de boy. Explico, meu prato preferido é qualquer comida de boteco, picadinho, feijoada… Bebida? Cachaça. Time? Corinthians. Mas dizem: “É o boy querendo ser cachaceiro”. “É o boy querendo ser corintiano”. Se colocar uma regata bem cafona e um chinelo, lá vem alguém: “Olha o boy querendo usar regata e chinelo de boy”. Uma vez comprei um fusca bem velho e pensei quero ver alguém falar alguma coisa agora. E disseram: “Olha o boy agora andando de fusca”.

Muito bom esse texto do Gulero’s Blog. Vale a pena ler inteiro lá.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s