Orgulho de ser paraguaia

(Até o domingo que vem, este blog está meio do futebol. Depois que a Copa acabar, voltamos à rotina normal.)

Venho por meio deste post fazer justiça com as próprias mãos. Assisto neste momento à reprise de Paraguai versus Espanha, valendo vaga na semifinal da Copa. Eu já sei que a Espanha ganhou. Eu torci pelo Paraguai como se tivesse nascido lá. E estou orgulhosa do meu time, a seleção paraguaia.

Hoje, quando abri os jornais, para ler que o Paraguai deu trabalho para a Espanha, a decepção: ninguém viu o jogo que vi. Todos os que escreveram viram a Espanha jogar sozinha, ter dificuldades sozinha, arrancar um golzinho suado simplesmente porque não acertou.

Ninguém dá muita bola pro Paraguai porque o time é mais zaga do que ataque. Porque ele não ganha, mas também não perde. Porque ele não acha o gol.
Pois ontem foi tudo diferente (menos o último item).

O Paraguai partiu pra cima e até a metade do primeiro fez a Espanha jogar na zaga. O Paraguai teve um gol anulado. Quase todos concordam que foi justo. Estão todos errados. Não importa o impedimento, nesse caso. Impedimento é o de menos.

O time do Paraguai, de que me orgulho como paraguaia, protagonizou, de novo, a eliminação mais emocionante da Copa (ok, nesta Copa Gana está pau a pau com a gente, mas eu não estava torcendo para Gana, então não importa). Se em 1998, o golden goal sozinho já se encarregou de todo o drama, em 2010 esse mérito foi de Cardozo.

Ele perdeu um pênalti. E quando o jogo terminou, não aceitou ser consolado. Não queria ninguém por perto. Escorraçou companheiros, cobriu a cabeça e foi e fez e lá pelas tantas estava cercado. Todos consolavam Cardozo. Espanhóis inclusive.

Casillas, que pegou o pênalti, consola Cardozo, que, verdade seja dita, chutou mal mesmo. A foto é de David Gray, da Reuters

Atenção: espanhóis inclusive.

Porque os espanhóis viram o jogo que eu vi. E sabem que o Paraguai não ganhou a partida por um triz.

1.636 caracteres com espaço

2 Respostas para “Orgulho de ser paraguaia

  1. O Paraguai é o time sulamericano que mais tem merecido um título mundial. Torci muito!

  2. Magda Cristina

    Torci tanto para meu querido vizinho de fronteira, eles jogaram com muita garra ,própria deste povo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s