Fora de contexto

Tem algumas coisas que mudam muito quando são tiradas de contexto. E não estou falando de frases, mas de coisas mais simples. Cabelo, por exemplo. Enquanto ele está grudado na sua cabeça, ele é incrível. Quando ele cai e vira um bolo no ralo, se transforma instantaneamente em algo nojento e repugnante.

O mesmo acontece com comida. Enquanto estão quentinhos, recém-preparados, o arroz e o feijão são o pilar das nossas vidas. Agora, no fundo da pia e molhados num prato sujo… daí é preciso colocar luva para pegá-los. Comida molhada é nojento. Mas sopa não é.

Você pega uma garrafa de água mineral francesa e toma um gole, é água mineral francesa; se você imediatemente devolve essa água para um copo, ela virou cuspe nojento.

Se você coloca, supondo, um pãozinho dentro da área do lixo, no cestom, mesmo que ele não encoste em nada, está condenado e você nunca vai tirá-lo ali do círculo de ar de dentro do lixo e dar uma mordida nesse pãozinho. Ele já era pelo simples fato de ter encostado nas moléculas de ar que estão dentro do cesto.

Por isso gostei tanto desta lixeira. Nada pior do que ter que dar aquela apertadinha no lixo fofo para ele compactar para caber mais lixo ali.

Basta apertar a tampa para o lixo fofo dar espaço para novos lixos

Anúncios

2 Respostas para “Fora de contexto

  1. você conseguiu explicar pq CANJA é algo tão nojento.

    ARROZ e FRANGO MOLHADO,
    totalmente fora de contexto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s